sexta-feira, 19 de novembro de 2010

-
Agora ele vaga sozinho, já não tem para onde voltar. Sente o abandono evaporando dos seus poros...
Tudo que tem é a roupa do corpo e as memórias tristes e sem conexão.

Chegou ao fim do poço? Talvez seja apenas o começo da decida.
Não sabe se quer morrer ou viver...
Já que no momento só sobrevive.

As escolhas erradas, os caminhos curvilinhos...
Em qual rua ele virou pro lado errado e perdeu o rumo?

Todos podemos errar, e em qual momento ganhamos o direito do abandono...
Quando podemos deixar de lado quem precisa de nós..
Alguns ganham missões que parecem impossíveis,
não importa quanto, devemos continuar tentando...
mesmo que seja até o fim.

@mariischmitz -

obs.: isso tudo não é sobre mim. mais uma vez tomei as dores de alguém que eu nem conheço.;

terça-feira, 16 de novembro de 2010






-
Mesmo quando o dia se faz nublado e sombrio,
Mesmo quando não existe luz no fim do túnel...


mesmo quando não queremos ter mais esperanças...
existe sempre algo a mais que nos move.

não dou nomes, não gosto de dogmas,
só acho que todos precisamos...
de algo maior pra poder seguir.

@mariischmitz

segunda-feira, 15 de novembro de 2010




























' tudo ao redor parece querer me destruir...
meu coração está em migalhas.

e como na música "Eu não moro mais em mim"

ninguém pra ouvir meus lamentos,
ninguém pra dizer que vai ficar tudo bem
ninguém pra dar um ombro amigo,
ninguém pra ficar só em silêncio...

até quando eu vou sobreviver?
até quando eu vou querer viver?
até quando ninguém vai me perceber?

e aqui dentro só mágoas, ódio e tristeza.
até quando as lágrimas vão nutrir-me?


quando eu vou ter coragem para ceifar tudo isso?


@mariischmitz

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

domingo, 7 de novembro de 2010






'quero só mais um minutinhos.
deixa eu esquecer que a vida é realidade.



@mariischmitz

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

-
Tem coisas que eu realmente não consigo aturar. Tem pessoas que eu não consigo suportar.
Não aprendi a ser paciente, não aprendi a ser compreensiva...

As vezes dá vontade de socar, de jogar contra a parede...
O sangue ferve e por um instante vira lava derretida correndo pelas veias
Choro, Grito, Infernizo...

E a mágoa, a dor, a angustia permanecem por mais "show" que faça.
Dou uma de louca e digo que vou matar, retalhar e perseguir...
A verdade é que sou capaz, mas meu superego não deixa.

E esse ódio vai invadindo cada fresta da minha alma,
me enlouquecendo pouco a pouco...
sinto medo quando tudo isso explodir de vez.


@mariischmitz

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

'PQ eu não preciso muito mais do que estar perto de você.




@mariischmitz

terça-feira, 2 de novembro de 2010

As vezes nos perdemos nas lembranças de outrem.
Nos pegamos repetindo os sentimentos
Cantando puro veneno...

Só pra provarmos que somos fortes e cruéis.

Cai no pecado de amar,
e quando se ama se perde o rumo
não se anda mais sozinho.

Quando se ama,
não existe um...
a tendência é subir do dois em diante.

perder o rumo é normal
então nada de desespero.

@mariischmitz

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Eu ando ausente do blog, eu ando preguiçosa é fato.

-

Sinto uma esperança diferente aqui dentro,
Hoje felizmente não é um dia ruim pra mim.

Acordei essa manhã sem mágoas em meu coração...
Sei que é só por hoje,
mas hoje é o que estou vivendo.


Vou sorrir pro espelho,
talvez o meu eu no reflexo se convesa.

Vou gargalhar, vou pular...
vou fingir que tudo isso é meu...
terei esperança na esperança...

Vou fazer trocadilhos, ser ironica... (um pouquinho)
Gozar da minha cara...
Talvez as minhas piadas sem graça animem o meu coração.

@mariischmitz